A Evolução, por E.T.

 

A teoria da evolução foi adoptada e oficializada por todos os governos modernos do mundo, porque ao degradar o ser humano torna-o mais escravizável.

Por um lado, se o homem não é uma criação divina, senão apenas uma evolução do macaco, não merece tantos direitos e liberdades. Por outro lado, a teoria da evolução preconiza a vida como uma luta egoísta pela sobrevivência, justificando assim a lei do mais forte (neste caso, a do mais rico). Ou seja, a teoria da evolução serve de apoio à opressão.

Convém salientar que a teoria da evolução chama-se teoria porque é uma teoria, e não por qualquer outro motivo. É teoria, porque carece de provas científicas. Desde a sua invenção, e depois de 150 anos de tremendos avanços científicos em todos os campos, continua sendo uma teoria, porque não se pôde provar.

A razão é simples e eloquente: Não se encontraram fósseis dos animais elo, para nenhuma das espécies existentes e/ou extintas. Por outras palavras, não existem as espécies intermédias ou de transição. Toda a visualização do processo evolutivo do macaco até ao homem são desenhos ou montagens fraudulentas.

No fim do seu livro “A Origem das Espécies” 1859, Charles Darwin avisa e especifíca, que a teoria da evolução é apenas uma teoria e nada mais.

Não há vida sem ADN, e a função do ADN é manter inalteráveis as características próprias de cada ser, espécie ou forma de vida. A ciência contemporânea, não “politizada”, confirma que o início da vida e do ADN não pôde ter surgido de forma espontânea. Os biólogos utilizam a seguinte metáfora: Dizer que o ADN é espontâneo é como dizer que um Boeing 747 é espontâneo.

A teoria da evolução é a desculpa favorita dos que não podem aceitar de bom grado a existência de seres superiores, com maior poder e inteligência do que o homem.

Para esses homens arrogantes, tudo o que os seus olhos podem ver (que é uma pequeníssima fracção da totalidade) é explicado com a teoria da evolução. E, uma vez que essa teoria não pode explicar a existência do espaço e da matéria, ou seja, a existência do Universo, inventaram o Big Bang. Mais uma teoria, que continua sem dizer nada sobre o espaço e a matéria, porque não explica a existência daquilo que fez bang.

Se o homem fosse o ser mais poderoso e inteligente do Universo, existiria o Universo? Claro que não, porque o homem não pode criar espaço e matéria do nada. E muito menos, vida.

O maior problema da maioria dos homens é não se dar conta do pequeno, impotentes e estúpidos que realmente somos. Ainda assim, o homem é de longe o melhor que conhecemos, por agora…

 

Posted: March 27th, 2011
Comments: No Comments.