A minha Opinião sobre o Homem, por E.T.

 

Há uma lei capital universal: num Universo infinito nada é igual. Esta lei diz-nos algo revelador sobre o seu criador: é um génio.

Somente o homem quer a igualdade. Isso também nos diz algo revelador sobre o homem: é tudo o contrário.

Olhe para cima, olhe para as galáxias, para as estrelas, para os planetas. Olhe para o Sol e para a Lua. Por acaso vê o caos? Somente a vida parece ser caótica, mas não o é. A vida é a razão de ser do Universo. Se não o fosse, não existiria. A vida é a auto-consciência do Universo. Infinita também em variedade, quantidade e qualidade.

Todos os animais são egoístas. Todas as crianças são egoístas. E todos os homens são egoístas. É a Natureza. O ser humano não criou a Natureza, e por isso, não pode ser responsabilizado por ela nem pelas suas características.

À medida que foram aumentando os seus conhecimentos, o homem deu-se conta de que a sua sobrevivência corria perigo se não inventasse um sistema pacífico de conviver em grupo. A essa invenção chamou: Sociedade. Viver em sociedade significa respeitar um determinado código legislativo e moral. No entanto, essa socialização ou afastamento da Natureza não é uniforme, nem entre raças nem entre indivíduos.

Cada ser humano tem um espírito diferente e dele deriva a qualidade do homem. Alguns homens são melhores e menos egoístas do que outros, ou porque são mais ou menos inteligentes, ou porque a sua qualidade espiritual é distinta.

Os modelos actuais de sociedade não promovem a generosidade nem o altruismo. Ao perpetuar enormes injustiças, a sociedade mesma torna-se o maior gerador de egoísmo.

 

Posted: March 29th, 2011
Comments: No Comments.